Obesidade canina: 5 Dicas para evitar a obesidade animal

Tem um cachorro ou gato gordo? Calma! Nem todo animal acima do peso está doente, mas é muito importante manter os olhos abertos para evitar problemas nas articulações, no coração, etc. Abaixo listei 5 dicas para deixar seu cachorro ou gato sempre em forma, isso pode ajudá-lo a não ficar  fora do peso e ter problemas futuros.

cachorros-e-gatos-comendo-Imagem: Reprodução

[wp-svg-icons icon=”flag” wrap=”i”] 1 – Leve para fazer exercícios

Como nós, eles também precisam fazer exercícios. Se possível, no caso dos cachorros fazer caminhadas de 30 minutos. Já no caso dos gatos, é mais difícil fazer caminhadas com eles na rua, por isso, é essencial que eles brinquem muito para gastar energia e se desenvolverem nos aspectos comportamentais. Os brinquedos altos são ótimos, pois exige um esforço maior para o gato brincar.

[wp-svg-icons icon=”flag” wrap=”i”] 2 – Preste atenção na quantidade de comida

As vezes nós não damos conta da quantidade de comida que oferecemos a eles. Para gente uma porção não é muita coisa, mas para eles pode ser demais, entende?! Sempre devemos verificar a quantidade ideal de ração de acordo com o peso do animal. Normalmente, atrás do pacote das rações vem descrito as porções adequadas. O indicado para animais adultos é comer de 2 a 3 vezes por dia.

[wp-svg-icons icon=”flag” wrap=”i”] 3 – Manere no agrado

Mas e o Biscrok, não pode dar? Claro que pode, mais é preciso também ter responsabilidade. Podemos, sim, dar 1 vez por dia sem problemas, mas não podemos exagerar, pois se dermos em grande quantidade do ‘agrado’ acabará substituindo a refeição, que não é nada recomendável, já que a ração é balanceada com valores nutritivos adequados.

[wp-svg-icons icon=”flag” wrap=”i”] 4 – Ofereça mais água

A ingestão de água é fundamental para que o organismo do animal funcione normalmente. Além de hidratar o animal, a água possui sais minerais como magnésio, sódio e potássio. Ela também ajuda a regular a temperatura do corpo e eliminar substâncias que o corpo não irá utilizar mais, fazendo uma limpeza no organismo e mandando para fora em forma de urina os sais minerais que sobrecarregam os rins.

[wp-svg-icons icon=”flag” wrap=”i”] 5 – Ofereça obstáculos na refeição

Alguns potes de ração  são interativos, eles podem ser usados para inibir aquela vontade louca de comer, comer e comer. É um pote comum, só que oferece alguns obstáculos, como por exemplo um que parece um labirinto e dificulta a retirada de ração. Com um pouco mais de trabalho para se alimentar, o animal acaba comendo mais devagar e ingerindo menor quantidade. Claro que isso varia de animal para animal.

Achei uma tabelinha corpórea bem legal, veja logo abaixo.

escore_corporal-royal-caninImagem: Royal Canin

Recomendamos para você:

The following two tabs change content below.
Autor do blog Bicho de Apê, publicitário por formação e estudante de Medicina Veterinária.

Latest posts by Gabriel Ortiz (see all)