Conheça 10 frutas para cachorros

Quando o assunto é alimentação, as frutas para cachorros são sempre bem vidas. Mas como qualquer outro alimento deve-se tomar muito cuidado antes de oferecer para o animal. Se você for dar frutas que possuem sementes, sempre confira se realmente as tirou, é importante saber também que frutas cítricas não são uma boa opção para oferecer aos cães e gatos.

 

frutas-para-cachorrosImagem: Reprodução

[wp-svg-icons icon=”tag” wrap=”i”]10 frutas para cachorro:

1 – Maçã:

Benefícios: as maçãs são ricas em probióticos, podem regular a glicemia além de aumentar a imunidade. A fruta possui vitaminas B, C e E, além de auxiliar no funcionamento intestinal.

Como oferecer: em pequenas quantidades com casca, as sementes devem ser retiradas. ( a semente de maça é altamente tóxica)

2 – Manga:

Benefícios: é muito rica em vitamina A e C, também possui antioxidante que acaba retardando o envelhecimento. A fruta contém enzimas que auxiliam na digestão além dos carotenoides que deixam o sistema imunológico mais forte.

Como oferecer: em pequenas quantidades, tirar a casca e os caroços.

3 – Caqui: 

Benefícios: o caqui possui uma grande quantidade de fibras, o que ajuda no processo  de digestão, além de aumentar a imunidade do animal. Entre muitos nutrientes, o caqui é rico em vitamina A, C e K.

Como oferecer: pode ser dado com ou sem casca, mas sempre em quantidades moderadas.

4 – Banana:

Benefícios: a banana é rica em potássio, fibras e vitaminas A.  As bananas podem ajudar a regular o intestino em casos de diarréia e anemia. Além de ser uma ótima fonte de energia, ela neutraliza a acidez, e protege a parede do estômago.

Como oferecer: sempre dar em pequenas quantidades, sem a casca.

5 – Goiaba: 

Benefícios: a goiaba é rica em vitamina C e antioxidantes, possui também grande quantidade de potássio o que é muito bom, pois ajuda a manter o equilíbrio eletrolítico. Dessa maneira, mantém a pressão arterial estável e reduz o risco de ataque cardíaco e derrames. Protege também contra o câncer.

Como oferecer: sempre oferecer em pequenas quantidades, com ou sem casca.

6 – Pêra:

Benefícios: a pêra é uma grande fonte de potássio, vitaminas e sais minerais. As fibras também estão presentes, protegendo o intestino de problemas inflamatórios, além de aumentar a imunidade do animal.

Como oferecer: Em pequenas quantidades, com casca e sem sementes.

7 – Morango:

Benefícios: ricos em vitaminas C, ácido elágico e ácido gálico o que reduz o risco do câncer. O morango possui muitos minerais como, cálcio, potássio, ferro, selênio e manganês. Algumas propriedades do morango ajuda a melhor a atividade cerebral.

Como oferecer: é indicado dar morangos orgânicos em pequenas quantidades e sem pele.

8 – Kiwi:

Beneficios: rica em fibras e possui o dobro de vitamina C do que a laranja. O kiwi tem o poder de fortalecer os ossos e proteger contra doenças cancerígenas. Sua gama de minerais é bem grande, mas o principal é o potássio, que ajuda a equilibrar a tensão arterial, aumentando as defesas do organismo. Ajuda também aumentar a imunidade do animal.

Como oferecer: em pequenas quantidades e sem casca.

9 – Laranja:

Benefícios: é super rica em vitamina C, fibras e antioxidantes. Ajuda na prevenção do câncer e é uma grande aliada para animais que possuem alergia, pode atuar como antialérgico e anti-inflamatório. A fruta não é indicada para os animais que já tiveram algum quadro de gastrite.

Como oferecer: a fruta pode ser oferecida com a pele e o bagaço, mas sempre sem cascas e sementes. (prefiro sem o bagaço para facilitar na mastigação)

10 – Mirtilo: 

Benefícios: muito rico em antioxidantes com uma baixo teor de açúcar. Ajuda na prevenção de câncer, além de aumentar a imunidade do animal. Ajuda também a manter a função neurológica do animal saudável.

Como oferecer: Com casca, mas em pequenas quantidades.

Essas foram algumas frutas que você pode oferecer para o seu cachorro sem maiores problemas. Claro que é super importante falar com um veterinário antes de oferecer qualquer coisa, assim ele poderá avaliar o histórico do seu animal.

*Este post é meramente informativo, sempre consulte o médico veterinário.

Recomendamos para você:

The following two tabs change content below.
Autor do blog Bicho de Apê, publicitário por formação e estudante de Medicina Veterinária.

Latest posts by Gabriel Ortiz (see all)