Cinomose – Seu cachorro parece estar gripado?Cuidado!

O seu cachorro está gripado? Cuidado, pode ser cinomose! Se o seu bichinho tem sinais como falta de apetite, muita secreção nasal e ocular e diarréia ou vômitos, pode ser que ele esteja com cinomose. Você já ouviu falar disso? Então leia tudo sobre ela a seguir e fique com o seu cachorrinho protegido!

cinomose-em-cães

[wp-svg-icons icon=”flag” wrap=”i”] O QUE É CINOMOSE?

A cinomose é uma doença grave, que é transmitida pelo o vírus CDV (Canine Distemper Virus) e possui um alto nível de contágio entre os animais. O vírus atinge principalmente os mais jovens, mais velhos, os debilitados e até mesmo os animais saudáveis, mas que ainda não estão protegidos contra o vírus por meio da vacina. Por isso é muito importante sempre verificar a carteirinha de vacinação e ver se tudo está em dia. Os filhotes devem tomar 3 doses da vacina para que estejam completamente protegidos, depois de crescidos eles precisarão tomar somente uma dose anual. ( Veja mais sobre o esquema de vacinação )

[wp-svg-icons icon=”flag” wrap=”i”] QUAIS SÃO OS SINTOMAS DA CINOMOSE?

Alguns sintomas como, falta de apetite, vômito, diarreia, secreções nasais e oculares, febre, convulsões, paralisias e grande dificuldade para respirar devem ser observados pelo dono. A doença apresenta algumas fases, sendo que a primeira delas é parte respiratória que é afetada. Durante essa fase, é possível observar grandes quantidades de secreções nasais e oculares.

[wp-svg-icons icon=”flag” wrap=”i”] COMO A CINOMOSE PODE SER TRANSMITIDA?

Na maioria das vezes, a transmissão do vírus é feita pelo contado direto de secreções da boca ou do nariz do animal como por exemplo, um espirro do animal que está infectado. A transmissão também pode ser feita pela fezes do animal contaminado.

O vírus da cinomose, não é muito resistente ao ambiente o que torna mais fácil de controlar a disseminação em ambientes externos, diferente de quando ele está no organismo do animal. Por mais que o vírus não tenha tanta resistência em ambientes abertos, é muito importante ficarmos de olhos abertos em épocas mais frias, como no inverno. Alguns relatos merecem atenção, como  já relataram que mesmo depois de 6 meses de desinfecção de um local que abrigou animais com cinomose, ainda assim existe risco de contaminação do vírus.

[wp-svg-icons icon=”flag” wrap=”i”] EXISTE TRATAMENTO PARA CINIMOSE?

Atualmente não existe tratamento para a Cinomose, o que o médico veterinário pode fazer é controlar os sintomas apresentados pelo animal. O mais indicado é manter um ambiente limpo e confortável para o cachorro. A alimentação também deve ficar balanceada e adequada de acordo com a situação do animal.

[wp-svg-icons icon=”flag” wrap=”i”] COMO POSSO PREVENIR A CINOMOSE?

A melhor forma de prevenir a doença é a vacinação nos cães. Qualquer cachorro independente da raça pode contrair a doença se não estiver protegido. Uma outra forma de evitar o contato com o vírus, é sempre manter o seu cachorro longe de locais que já tiveram casos de cinomose.

[wp-svg-icons icon=”flag” wrap=”i”] COMO EU SEI QUE O MEU CACHORRO APRESENTA SINTOMAS DA CINOMOSE

É muito importante que você sempre fique atento a qualquer sinal ou sintoma que o seu cachorro possa apresentar. Quanto mais cedo for diagnosticado a doença, mais chances seu animal terá de se recuperar. Mesmo se o seu cachorrinho apresentar qualquer desses sintomas abaixo, não quer dizer que ele esteja infectado com a Cinomose. Por isso, sempre que suspeitar leve ele ao médico veterinário.

Fique de olho nesses sinais!

  • Febre
  • Espirros
  • Perda de apetite
  • Vômitos
  • Diarreias
  • Secreções nasais
  • Secreções oculares
  • Espasmos
  • Falta de coordenação motora ( o cachorrinho para estar bêbado)
  • Paralisia
  • Convulsões
  • Contrações musculares involuntárias

A Cinomose é uma doença que avança muito rápido e, se pensarmos bem, não é tão difícil de preveni-la, por isso convido todos a sempre olhar a carteirinha de vacinação, dessa maneira você poderá evitar que o seu peludo contraia essa doença.

 

 

Recomendamos para você:

The following two tabs change content below.
Autor do blog Bicho de Apê, publicitário por formação e estudante de Medicina Veterinária.

Latest posts by Gabriel Ortiz (see all)